quinta-feira, 23 de maio de 2013

Coisas que eu gosto, feitas como obrigação?


Olá! ~

Normalmente evito escrever sobre coisas que são muito pessoais na minha vida cotidiana ou apenas que sinto raiva ou chateação "momentânia". Talvez seja um tanto complicado, ou digamos, tentar esclarecer isso de uma forma que não ofenda ninguém ou que a carapuça lhe sirva (e não, não estamos falando de indiretas maldosas). Mas recentemente tem algumas coisas que me vêm incomodando, e o pior, é da forma que mais odeio: fazer as coisas como uma obrigação.

É díficil conciliar entre faculdade, cursos, minhas coisas, uma "vida social", virtual, etc. A partir do momento que uma delas começa a me "alienar" não tenho palavra correta para isso, mas beleza, vamos nesse sentido mesmo e deixar as outras tarefas mais importantes (tal como faculdade) para segundo plano, começa a me desanimar e aí fica uma coisa monótona e obrigatória. Quem me conhece, sabe que odeio fazer as coisas por obrigação, por regras e por "mimimimis". Tenho uma imensa vontade de tacar tudo para o alto e falar um "D E S I S T O! C A N S E I!", e nem sempre é possível, pois sempre tem pessoas ao meu redor que podem se machucar com minhas palavras, evitando assim, possíveis conflitos ou situações tensas.

Não gosto de ser incoveniente, no entanto, é necessário falar algumas coisas que vem me incomodando e de certa forma "barrando" muitas coisas que deveria estar fazendo, mas teoricamente, não posso. A coisa se torna pior quando é realmente algo que você se sente (ou sentia, enfim) feliz em fazer, mas tudo começa a criar inúmeras barreias e começa a se tornar rotina, e até então, incômoda.

Nada é um mar de rosas, nada é como queremos... E infelizmente não dá para ficar "empurrando com a barriga" e fazer as coisas de qualquer jeito. Eu vejo tudo como um "hobby", não como tarefa! O pior é as pessoas não me compreenderem por isso (e não levo as coisas na brincadeira, antes que pensem nisso), e me puxando para mais fundo, não compreendendo minha situação, pois apenas vêem a situação pro lado delas, logo, não sabem como é um mundo onde é "diferente".
Aí você simplesmente se pergunta: "Monica, por que você não dá um 'basta' nisso?". É justamente onde tem as coisas que gosto, que há pessoas que gosto e infelizmente nem todas compreendem, ok né?  (pescando isso no começo do post). Entende? Não é tão simples se desapegar, é necessário fazer aos poucos. Claro, vai chegar a hora em que não vai dar mais para aguentar, isso se eu aguentar... Pelo menos, até o fim deste semestre ou do ano... Já estou me preparando até para o caso das pessoas virarem as costas para mim, e ir embora por causa de minhas decisões.

É dramático demais? Não sei, coisas simples e que gosto me impedindo de outras coisas boas entrarem... Algo complicado e pesado... Me causando inúmeras preocupações sobre o que me espera.

Não sei se ficou confuso. Estava entalado na minha garganta, e precisava desabafar isso.

Até a próxima.

segunda-feira, 13 de maio de 2013

O mundo... Faz sentido?


Atualmente nos deparamos em noticiários com violência em massa, com corrupções, roubos e outras coisas que simplesmente não fazem sentido algum. Vemos em nosso cotidiano, crianças querendo ser adultas mais precocemente, adultos com atitudes complemamente infantis, celulares altamente modernos nas mãos de crianças que mal sabem falar ou andar, a disputa acirrada por um lugar no trânsito (vulgo: guerra de motorista x ciclista x motoqueiro x pedestre) ou no transporte público.

Paro e penso se realmente estou no mundo certo, na época certa, ou simplesmente estou imaginando coisas ou estou em dimensões paralelas. Atualmente, nada faz sentido neste mundo. Paro e penso novamente, onde estão aquelas pessoas, cujo dizem ser a maioria, que exigem um "mundo melhor"?
Algo tão complexo, tão confuso, tão... Impuro... Não sei, sei lá... Acho que o mundo já não faz sentido pra mim, pelo menos, não do jeito que está agora, em pleno século XXI.

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Coisinhas da semana (quero dizer, do tempo que fiquei fora) e... Layout novo! \o/

Olá! Resolvi dar uma boa limpa, e estou com um layout novo finalmente! *som de aleluia, por favor*

Demorei mais do que o previsto, pois tinha alguns códigos que resolveram bugar, e por pouco não "ferrei" com tudo novamente. Mas me aprofundei com HTML tá que usei sites para auxiliar no layout, hehe... Mas ajudaram e consegui fazer uma coisa mais bem feita, mais eu (?).
Aproveitei e renovei as páginas internas, e resolvi fazer uma coisa mais neutra, pois colocar tudo em uma versão, para depois fazer "manutenção" e arrumar todas as tralhas de novo é tenso, então, fiz coisas mais simples mesmo e gostei desse jeito! Acredito que foi um dos layouts que mais tive orgulho, pois coloquei minha alma, e deu muito trabalho até ficar tudo do jeito que eu quero... Iria colocar mais coisas, no final desisti, pois o resultado do design já me satisfez. Ainda tem mais detalhes para serem ajeitados, mas ainda não os fiz, pois queria demonstrá-los de uma forma diferente, e pretendo fazê-los em breve. Não mudei o favicon porque eu gosto do cogumelinho do Mario, apesar que não combina com o lado "trevas" do blog... De qualquer forma, vai ficar ele por um bom tempo.
Ok, já deu para verem que o blog ficou de cara nova. E creio que vai ficar um (boooooooom~) tempo assim :3

Agora, o que há de novo em minha vida? Só posso dizer que... Estou pegando as manhas na costura! Sério! Confesso que quase desisti de costurar, pois achava que não conseguia levar jeito. No entanto, no decorrer das aulas, vi que peguei o jeito de controlar a máquina, até que rápido, o que me fascinou bastante e agora peguei o gostinho! /todoscomemoram
Mal posso esperar e ver minhas futuras roupas (pasmem ou não, vou ver se consigo usar saias tipo daquelas de "punk" ou xadrezas não sei se expliquei bem. Acho tão lindas, mas vou acabar só falando disso, então, fica pra próxima, LOL).
E apenas digo que semanas de trabalho são um Ó! Odeio! Mas no fim compensa, pois vale nota, e são coisas que gosto... São trabalhos (que odeio), no entanto, vale nota e acabo gostando muito e gostando do resultado (confuso isso, não?).
Voltei pra valer também com os meus desenhos. Fiquei meses sem desenhar decentemente, ficava apenas nos rabisquinhos. Me interessei em um monte de materiais para desenho (na faculdade você descobre materiais que vêm de Marte -not) magníficos! E quero todos, e todos são caros #chateadafeatpobre
Voltando aos poucos, apesar que minhas mãos e pés estão saindo horrorosos e deformados, como de costume, mas só praticando. Em breve postarei aqui (e no meu diário de faculdade, que ainda estou montando) alguns desenhos meus.


O post ficou grandinho, mas se leram, obrigada pela paciência.
Até a próxima ~