domingo, 29 de junho de 2014

O mais importante é ouvir a si mesmo.

Sim, coloquei um player embaixo da imagem no post.  É só clicar e ouvir ♪

Ouvir os outros, dependendo da pessoa, é muito importante.

No entanto, nos dias de hoje, parece muito comum existir pessoas que falam somente para nos derrubar, diretamente ou indiretamente. Clichê? É talvez... Mas tenho notado bastante isso, ainda mais quando a internet parece dominar tudo. Estamos 100% conectados. Ou quase isso.


Em tempos onde todos apontam as armas e as pedras sobre nós, parece que o que é um "ruído" acaba sendo mais forte do que ouvir nossa própria voz. Quantas vezes você já não viu aquele comentário que praticamente te derrubou? Aquela fofoca que não é verdadeira, mas de tanto que batem na tecla, acredita nela e deixa se afetar? Aquele sussurro nada agradável? Qualquer coisa desse tipo? Impossível não ter passado por uma situação semelhante ou igual.

Ok, ok. Isso é complicado e posso dizer isso também por mim. Não é fácil se levantar, mostrar o que é real ou não...
No entanto, a verdade parece algo tão difícil que tampem parece doer e amargar, no entanto, é muito melhor do que se deixar levar por uma doce mentira. Clichê de novamente? É... Mas nós esquecemos justamente esses clichês muitas vezes.
Comum também ver que as pessoas acham que ser melhor é ser superior. Uma pena que exista gente assim, e cada dia esse tipo de pensamento parece consumir as pessoas cada vez mais, fazendo com que esses "ruídos" existam cada vez mais também. Parece que vivemos uma verdadeira "batalha de egos", onde derrubar os outros é bem mais importante do que ter dignidade.

Olha, mas cá entre nós, infelizmente não existe uma "receita de bolo" e muito menos um conselho para acabarmos com isso. No entanto, nada é impossível. Podemos parecer felizes o tempo todo, mesmo sabendo que não é bem assim que funciona. E não acaba por aqui: redes sociais estão aí para provar que nunca estamos satisfeitos com nada e nem ninguém.

Aí vem o "x" da questão: Se paramos tanto para ouvir as pessoas, deixamos nos influenciar, sejam boas ou não, por que não paramos para ouvir o que temos a dizer para nós mesmos?
Creio que, com tantas coisas que passamos, acumulamos as experiências boas e ruins e sabemos como lidar com elas (ou não). Aquele "ruído" que acaba com seu dia pode não ser tão desastroso se você ouvir o seu interior de vez em quando. "AI QUE BREGA, MONICA! PELO AMOOOOR~", amigo(a), não é questão de ser brega ou não, é questão se olhar para si, abrir o seu livrinho imaginário de experiências nessa cachola que chamamos de mente, ouvir o que há dentro do seu ser e simplesmente tentarmos ser felizes a nossa maneira. 

Sabe o que é verdade pra você? Sabe o que realmente é bom ou ruim? Já deve ter brigado com a sua própria consciência algumas centenas de vezes, certo?
Ouvir o que você tem a dizer sobre si mesmo é a melhor forma de lidar com uma situação ruim. Se vai funcionar contigo ou não, cabe a sua situação de espírito e estima. Se nada disso que eu escrevi funcionar bom, na verdade não sou ninguém, só resolvi escrever esse texto por inspiração e tudo que acumulei durante minha vida, lembre-se que ninguém é melhor que ninguém. Deixe que sua voz fale mais alto que o "ruído".

sábado, 14 de junho de 2014

Layout novo e pensamentos da madrugada sobre mudanças necessárias.


Olá, humaninhos! /o/
Acompanhando a Copa? Bem... Tô e não tô acompanhando timeline do twitter inteira me dando spoiler dos jogos! É só botar um samba e uma bola em campo e HUEHUEHUEHUE ~
Ok, parei com a brincadeira.

Mas... Layout novo que, enfim, não ficou 100% do jeito que imaginei por motivos técnicos (e desastrosos), fora que no título ficou um espacinho meio desnecessário, mas pelo menos são tá tão feio (errrr... Acho). No entanto, o header ficou grande e ficou em destaque do jeito que imaginei! Depois dos truques loucos que fiz, tinha que dar em alguma coisa, né? Fora isso, resolvi tirar um peso de um monte de coisas, descobri uns códigos novos e agora ficou tudo até mais limpo, justamente pelo topo ocupar toda a largura da página.
De qualquer modo, espero que tenha ficado agradável!



Quanto a minha vida pessoal... É, vai caminhando, né? Fui colocando as coisas aos poucos no lugar, mas digamos que estou bem melhor, no geral (que evitei falar aqui) e não só na vida acadêmica. Minhas condições de saúde estão melhores e melhorei da gripe, no entanto, desencadeei uma tosse alérgica e seca. Ninguém merece! ARGH! Tossindo até meus pulmões a cada 5 minutos! *exagerada*
Minha pele e meu peso tem voltado ao normal devido a minha mudança na alimentação e lógico, com 2 meses de férias, nada como relaxar um pouco e se cuidar. Frustração e estresse só piora tudo (diga-se pelas minhas postagens anteriores).
Quer dizer, para dizer que não me estressei um pouco esses dias (na verdade, ontem), meu computador tinha pegado um vírus tenso! Sabe aqueles que mudam sua página inicial do navegador e lotado de propagandas? Pois é, eu havia sido engana por um site (lotadíssimo de propagandas também) que falou que meu Mozilla Firefox estava desatualizado. Só que fui tão desatenta que nem vi que o link de cima era puramente vírus (e digamos que o site que me enganava estava muiiiiiiito bem feito) e quando percebi já era tarde demais, já tinha alastrado e instalado uns programas lazarentos que nem dava para tirar, pois iria só piorar e instalar mais e mais coisas (CARA! WTF, APENAS!). Lógico que me estressei, já que eu tinha limpado o computador recentemente e foi bem chato tentar tirar. Fazia de tudo, mas por milagre da internet (SANTO GOOGLE!), achei um programa que realmente tira tudo isso! Quis beijar os pés da pessoa que criou o programa, porque olha... Resolve mesmo a parada. ♥
Obs: se você estiver com esse problema, o nome do programa é "ADWCleaner" e tem vários tutoriais na internet de como usá-lo, caso tenha dúvidas, e super fácil usar!

Bem, depois desse "susto"... Apenas outro!

Meus dias até que tem sido bem produtivos. Tenho limpado a casa e jogado muita coisa fora. Achei boas lembranças, e confesso que de início pensei em tacar no lixo... Mas olhei para aquilo e vi que aquilo me trouxe coisas boas então resolvi botar minhas super habilidades artísticas e manuais (só que não! Hehehe) e fazer um lugarzinho especial para cada lembrança. Aí, vem eu filosofando de madrugada, enquanto o sono não vem (aproveitando a vibe que vim postar aqui mesmo para "exibir" o layout novo): estou aqui, limpando as coisas e jogando outras coisas fora... Não é novidade que a vida é assim, mas custei bastante a aprender. Têm coisas que machucam na gente, mas temos que aceitar para não abrir feridas maiores. Ok, sei que a comparação foi meio "méh", no entanto, achei que fazia muito sentindo.
Muita coisa também cortei. Parei para analisar que eu engolia muita coisa e simplesmente "aceitava", porém, de uns tempos pra cá, tenho dado um "chega pra lá" em muita gente, pois já não aceito qualquer tipo de coisa, tenho me tornado "seletiva". Talvez não seja algo novo que estou vivendo, pois em outras postagens que desabafava no blog eu estava numa situação assim, no entanto, estou sentindo que tudo AGORA está um pouco diferente e... Até que me sinto bem leve com isso. É lógico que muita coisa eu ainda queria que tivesse mantido e está fora do lugar mas outras praticamente não sinto muita falta, apesar de lembrar.

Hoje mesmo estava decorando um caderno antigo (uma hora fazendo isso, heuhuehuehue, adoro muito!), que fazia como um diário na minha adolescência e estava olhando os rabiscos na capa antes de encapá-la de adesivos e papeis: Muita coisa mudou... Mesmo. Meus gostos praticamente foram lapidados, não mudaram por completo (ainda curto animes e video-games, ok? xD), mas receberam um "novo brilho" e as páginas antigas (que joguei fora, inclusive), que estavam lotadas de coisas bobas e reclamações sem noção, hoje dão espaço a um "caderno de organização: rotina, cuidados necessários e administração do dinheiro". Foi uma mudança bem brusca, até quando finalizei tudo me espantei, pois foi simplesmente no automático que pensei em usar esse caderno para tal finalidade. Basicamente: estou em outro pensamento e com outra filosofia. Aí me questiono novamente: será que estou prestes a entrar na crise dos 20 anos e não estou sabendo?


E é com esse pensamento meio doido que encerro meu post por aqui.
Até a próxima ~

domingo, 8 de junho de 2014

Gripada, matando o tédio, planejando, e em breve um visual mais bonito pra esses cantos.

E aí, bonitos e bonitas *novo bordão*?

Estou gripada, com alergias, e no momento estou no tédio. Já que estou meio doente e a minha única diversão pelo menos no momento em que me encontro é: Tetris (de celular) e HTML. Isso mesmo! Estava eu aqui testando uns códigos bem legais que achei nesses blogs de tutoriais e estou quebrando a cabeça com alguns pois (acho que) estou fazendo algo errado. Mas tudo bem.

Há algumas horas perdi um layout por motivos de: fiz burrada e acabei salvando ao invés de reverter. Lindo, né? Pois é, deveriam ter me enterrado em cobertas e explodido meu computador depois dessa! ._.


Nota-se que já comecei minhas amadas super férias com gripe. Nada melhor, né? Só que nunca. Estou bebendo muita água, comendo gengibre e espirrando extrato própolis a torta direita guela' abaixo. Levando uma vida mais saudável porque realmente estou precisando, pois o estresse e as frustrações acabaram de vez comigo. Só sei que organizei melhor a minha rotina, já que tenho agora todo tempo livre do mundo agora, já que minha faculdade (e muitas outras, pelo visto) inventaram de ter 2 meses de férias devido à Copa do Mundo. Bom, já que é assim, aqui estou atualizando bem melhor o meu cotidiano pra vocês (se é que alguém está lendo, hahaha ~).
E falando em planejamentos, depois que eu ficar bem melhor dessa gripe, estarei fazendo uma rapa monstra nas minhas coisas, pois acumulei muita coisa e muita coisa que DÁ pra ser reaproveitada pelo meu ser aqui não aproveita [?] e jogar muita tralharia fora. É, sei que já devo ter feito essa promessa há eras [?], porém agora não há mais desculpa -q

No more, vou terminar meu layout que deu errado umas 59878874545485748 vezes.
Um beijo, até a próxima ~

domingo, 1 de junho de 2014

Frustrada D:


Olá!

E o prêmio de pessoa frustrada da vida vaaaaaaaaaai para...!
Ok, parei. Não, na boa, mereço um Oscar por tamanha façanha por ser tão azarada feat. frustrada na faculdade. Sério, sério! Tô naufragando esse semestre! Peguei uma DP (de Custo, arrrrgh!) e 4 exames (duas que eu não esperava, por meio ponto e por 2 pontos) e estou quase metendo o pau em todo mundo mentira, é só o momento mesmo. Estou quase de férias, mais dois dias na faculdade e posso ir embora com quase um peno pena na consciência. É, meus momentos de cantar "Let it Go" foram por água abaixo, simplesmente.
Como hoje é Junho, resolvi dar uma atualizada aqui. Além de frustrada, andei tão estressada que nasceram acnes no meu rosto, caiu um monte de cabelo (que dava para fazer uma peruca) e agora tô correndo para eu me cuidar, porque... Sério, a coisa ficou feia, de verdade. D:

Meus últimos (muitos e muitos) posts só são de coisas chatas e mimimi e chororo, ao menos fico na felicidade que a maioria dos meus trabalhos (que não fiquei de exame, of course) ficaram legais e quase tirei nota máxima em todas e ainda por cima, minhas ideias inspiradoras estão voltando à tona e com isso, vou treinar desenhos e aproveitando ainda mais a vibe treinar línguas (porque estou enrolando... *BA DUM TSSSS*). Mal posso esperar para ficar de férias e dormir até tarde ♥

E confesso que preciso escrever posts melhores, pois já estou ficando sem ideias de como escrever meus dias de uma forma não tão clichê, se é que alguém lê, né? Haha ~
É isso, até a próxima!