sábado, 27 de maio de 2017

Meme que estou cansada de fazer, mas que estou fazendo porque fui ~amaldiçoada~ também


Bem direta: Shaninha, assim como você, eu não tenho mais criatividade também pra este meme! Senhor, estão nos amaldiçoando! SOCORROOOO!!! Por quê demônios reviveram isso?!
Como eu sou uma boa amiga (e apoiar azamiga' tipo a Shaninha, né?), vou responder... DE NOVO!



• Escrever 11 fatos sobre ti
• Responder as perguntas de quem te indicou
• Indicar de 11 a 20 blogs com menos de 200 inscritos ME OBRIGUEM [2]
• Fazer 11 perguntas aos blogs indicados
• Colocar o selo do Liebster Award
• Linkar quem te indicou - Shaninha


quinta-feira, 18 de maio de 2017

Folguei demais e agora tenho que deixar a preguiça de lado

Durante dois meses, ou um pouco mais, eu... Folguei. Fiz muitos "nadas". Rotina pacata de só acordar, pegar o celular ou ligar o computador e ficar ali, jogando um pouco ou ver imagens no Pinterest (aliás, se tiverem, esse é o meu). Desenhava um pouco, tirava umas fotos das minhas coisas pra postar no Instagram (já me segue? Juro que não floodo, hahaha!), ouvia uma música. Dormia a hora que me dava vontade, despertava com despertador ou acordava "sozinha"... Assistia o que me dava na telha (alô YouTube). Achava que estava de boa, até notar um grande tédio e sentindo que minha vida ficou sem rumo. 

Não sei se que anime que é, mas achei digno colocar pra representar esse post!

Escrevi alguns posts pro blog nesse tempo, mas... Não finalizei nenhum. Deve ter uns 6 posts inacabados e parados. É a primeira vez que isso acontece, o meu máximo tinha sido 2. Do nada aumentou pra 6. Engraçado quando a gente vai deixando pra lá as coisas sem a menor preocupação.
Não sei como, mas do nada entrei num ciclo de preguiça. Fico preocupada com as coisas, dá um tic (?) e fico deixando pra lá. Não sei se é porque ando sem esperança das coisas (no fundo acredito que as coisas melhoram, mas esqueço e depois lembro novamente) ou não me organizo e faço o que der na telha. Nunca me aconteceu antes. O tempo tá passando tão rápido, que parece que foi ontem que escrevi a postagem anterior.

Estou escrevendo essa postagem sem pretensão alguma, nem tinha pensando num tema e nem nada... Só fui escrevendo o que estava pensando. Acho que dei mole e tudo virou um tédio porque não faço mais nada... Ou pelo menos é o que acho.

Sinto que preciso me organizar melhor, com tanta coisa na mente nem sei por onde começar e no fim acabo fazendo... Nada.

Essa postagem faz algum sentido?
Acho bom ter uns devaneios de vez em quando. Vamos ver se agora me animo e faço as coisas!

terça-feira, 2 de maio de 2017

Comemorando as pequenas conquistas!

Olá! Como vão?
Tô aliviada, feliz e contente ♥

Finalmente assinaram meu estágio (falei um tiquinho aqui) depois de quase um mês cobrando (pois é), tendo que ser obrigada a mandar email pra coordenadora avisando só porque "sumi" e não estou vindo nos atendimentos. Admito que me senti sufocada e tive vontade mútua de surtar, mas tentei manter a calma o máximo possível... No fim, valeu a pena mandar mensagens praticamente todos os dias, porque sou chata sim (quando quero) e odeio ser enrolada (não julgando que tenha sido intencional, o que espero que não tenha mesmo).


Lembro que, por coincidência ou não, antes desse rolo todo ocorrer, estava conversando com minha amiga de madrugada. Tava me remoendo de nervosa e inclusive cheguei a chorar por causa de nervoso (e soltando todos os palavrões possíveis em plenas 2h da manhã), me questionando se eu tava fazendo coisa errada, se o trampo que estava fazendo não tava legal... Porque olha, chegou uma hora que pensei que era pessoal (ó o real estado que fiquei). Não deu alguns dias, estava conversando com um amigo também e lá estava eu quase arrancando os dentes, desabafando. Do nada, recebo uma notificação no celular, que de início não dei tanta bola de tão p*ta da vida que estava... Até abrir a aba da mesma novamente e me deparar com dois alertas, um do WhatsApp e outro no email, de que o email com os documentos assinados estava pronto. Parecia que ganhei na loteria de tanto que comemorei! Finalmente vou poder retornar pra faculdade para os atendimentos do estágio e acabar de vez com essa pendência. Contei pra minha mãe e pra todo mundo que estava conversando (e tô contanto aqui também, HAUSHAUHAUHS), parecia que eu ia casar (só que não)!

Minha mãe sempre ensinou que a gente tem que comemorar as pequenas coisas, pois as grandes são consequências das pequenas coisas boas. Parece frase de para-choque de caminhão, mas quem liga, não? Sábado saí com minha mãe pra assistir Guardiões da Galáxia Vol.2 e comer porcarias pra comemorar (senhora minha mãe é dessas, por isso que nossos rolês dão certo). 
No domingo, saí com uns amigos de outra faculdade pra assistir ao mesmo filme. Aproveitamos que nossa sessão só ia ser depois das 17h e rondamos e rondamos até parar numa Saraiva e sentar num sofázinho e jogar papo fora, vendo umas propagandas de games que estavam passando na loja (ó azideia'). Comprei docinhos e um mangá antes de começar rodar o filme... Achei que não ia chorar (sim, chorei em um filme... De pancadaria de heroís), porque, pffffffff, já tinha visto um dia antes... Mas ledo engano. Tava eu e minha amiga do lado questionando "cara, por quê? ;_;".

É do primeiro filme (no comecinho), mas quis colocar aqui porque amo essa cena e a música que toca, HUEHAUEHAU ♥

Ok, sei que comemorar assistindo um filme não me parece "ohhhhhhhhhhh, que cool isso"... Mas vocês têm que entender que meus rolês sempre se baseiam em comida, comprar tralha (de preferência doces) e assistir algum filme (hypado ou não) quando o amiguinho chama na primeira oportunidade.
Tô escrevendo isso com um sorriso na cara, porque... Finalmente vou me formar, cara! *insira muitos surtos* Ou seja, só vim aqui pra postar isso mesmo. /apanha

Agora... Vou fazer terminar de passar meus relatórios a limpo (essa é a única parte chata mesmo) e não esquecer de passar sexta-feira na faculdade. Mas a procura por emprego e não baixar a guarda tá de pé!

Enfim, é isso.
Sei que não tá bem escrito essa postagem, porém, tá espontâneo.
Beijos e até a próxima! ;*