quinta-feira, 27 de abril de 2017

"Famosa" por causa de uma... Foto?

Desde que me conheço por gente, acho que nunca usei uma foto minha de perfil no Orkut e muito menos tive um "ensaio fotográfico" pra ir postando no Fotolog.
Ok! Seria mentira se dissesse que não tem foto minha por aí, em alguns álbuns, até porque grande parte delas estou com amigos, colegas ou até mesmo sozinha (tá, 1% das vezes tô solo, mas vocês entenderam). Ou seja, não sou nenhuma pessoa que foge dos holofotes (mesmo que eu esteja super horrível), mas também não é algo que eu faça tanta questão assim.


Esses dias me deu "aloka" e quis tirar umas fotos minhas por causa de uma alergia que peguei de algumas maquiagens e estou usando uma espécie de gel pra amenizar cicatrizes e manchas (ver se está dando resultado, essas coisas #MonicaBlogueirinha -n). Uma dessas fotos, achei que ficou legal! Mesmo não estando mega produzida nem nada, olhei e fiquei "por quê não?" pra colocar no profile do Facebook e no WhatsApp (além de que, converso com gente "de negócios" por lá, então... Já sabem).
Acreditem... Não deu um minuto que me lotaram de inbox me elogiando, brincando comigo de "oh, você existe!!!!" e essas coisas. Isso porque, no Facebook, acabei deixando a foto em private porque normalmente geral só curte e fica lotando minhas notificações de "fulano, ciclano e outras 94645454 pessoas curtiram" (dá pra sentir como ligo pra "likes" nesse caso). Me surpreendi com a quantidade de mensagens que me mandaram, principalmente via WhatsApp. Parecia que eu era alguma celebridade. Não sabia se achava a situação engraçada ou "??????", porque... Era só uma foto. Uma foto minha. Tem gente que me vê todo dia, praticamente. Foi um misto de sensações muito estranhas, porque não estou nem um pouco acostumada com esse tipo de "atenção" (é até meio constrangedor de certa forma, HAUEHAUSHAUSA).
Engraçado é que parei para analisar os "likes" que tenho nas minhas fotos (principalmente no Instagram), e grande parte delas são redirecionadas facilmente pra selfies. Não vou dizer que sou ingrata de receber elogios ou comentários (ainda mais de amigos), mas fiquei questionando o motivo dessa "comemoração" toda por via de mensagens.

Será que sou meio chata ou não ligo, de fato, pra essas coisas?
Bom, daqui a pouco vou enjoar e colocar foto de anime de novo :B

terça-feira, 18 de abril de 2017

Monica e as entrevistas de emprego

Contas pra pagar, família pra cuidar, hobbies pra bancar, viagens dos sonhos, abrir uma empresa um dia, ganhar dinheiro com o negócio próprio... Seja qual for sua necessidade ou desejo, a verdade é que (infelizmente) grande parte das vezes precisamos de dinheiro e principalmente experiência para determinadas coisas.
Com as situações atuais, não é de se surpreender que muita gente está procurando emprego ou dando seus pulos pra ter como se sustentar. Bem, não estou fora disso!
A gente ainda dá "sorte" de conseguir uma entrevista de emprego e não é nada tão animador saber que você vai concorrer uma vaga junto com outras mil pessoas na mesma situação ou ter que esperar a resposta do RH pra saber se "vai ou racha" (e sinceramente? Grande parte das vezes é vácuo, isso se você não foi indicado na empresa por algum amiguinho/coleguinha). Fico rindo dos memes do Entrevistamento, mas estou achando (ACHANDO?! Certeza!!!) que isso de fato acontece. Trágico pra não dizer cômico. Não vim falar dos empregos alheios, mas sim das minhas experiências em ENTREVISTA de emprego. Recentemente passei por uma seleção e percebi uma diferença bem grotesca entre um e outro (das três vezes que fui chamada de 487878485454554 envio de currículos). Achei que seria interessante compartilhar com vocês.

Nunca pensei que fosse rolar algumas "militâncias" (e alguns palavrões que de uns anos pra cá tenho evitado escrever bastante) nessa postagem, porém, achei necessário! Desculpem em "dar chilique" e acharem meio sem noção eu soltar esse tipo de conteúdo, pensei muito se soltava isso ou deixava quieto. Prometo que faço postagens mais legais e engraçadas na próxima pra compensar todos ♥

domingo, 9 de abril de 2017

Como odeio ficar com gripe!

Eu estava escrevendo uns 4 textos pra ir postando e intercalando com essas postagens mais pessoais, mas algo aconteceu: ESTOU GRIPADA.
Estou tossindo e espirrando muito. Parece que todos os meus órgãos vão sair em algum momento. Já tive um pouco de febre, dor no corpo e aquela impressão que você foi atropelada.

Sei que parece óbvio, mas ninguém curte ficar doente, né? Parece que todos os seus planos pro dia são sempre arruinados. Tenho inveja daqueles que tem uma saúde mais instável ou tem corpo de ferro, pois qualquer gripe que bate só me derruba. O que não tenho de cólica, tenho de gripe (e dor de pancada, mas isso não vem ao caso).

Sei que faz um tempinho que não posto aqui, mas né... Bateu um desânimo por causa disso, estou tentando me recuperar. Odeio tomar comprimidos/remédios no geral, mas parece que não tem muito jeito. 


Updates: a pessoa me respondeu o email! AEEEEEEEEEEE ~
O único problema é que tenho que ficar cobrando toda hora. É chato pra caramba, no entanto, a gente não pode deixar nos enrolar. Tá a passo de tartaruga, mas comecei a fazer as coisas.

Terminei de assistir Durarara!! e estou orfã :(
Ao menos começou Shingeki no Kyojin ♥